2º Webinar Mercadapp

Quais são os maiores desafios a serem enfrentados no seu supermercado? Como anda as suas vendas? Tecnologia afeta diretamente nos resultados do seu e-commerce! Neste texto, vamos te ajudar a entender melhor como usar a tecnologia para solucionar as dificuldades de crescimento do seu supermercado.

 Este texto foi feito a partir de um webinar realizado pela Mercadapp, em parceria com a Solar, Supermercado Lagoa e Mercafácil. 

Neste webinar, aprendemos:

Palestrantes:

A conversa na íntegra está disponível. Nesse texto, você confere um resumo com os principais pontos da discussão. Para abrir nosso webinar a primeira pergunta foi sobre Trade Digital. 

O que é Trade e qual a relação da tecnologia no Trade?

De acordo com a pesquisa E-commerce quality index: mais de 70% dos negócios online não atendem aos requisitos mínimos para uma experiência de compra de qualidade básica e isso impacta diretamente no número de vendas dessas empresas. 

Se o trade é fundamental para execuções perfeitas no ponto de venda físico, o trade marketing digital é a gestão dos canais online, evitando rupturas digitais e otimizando o sortimento e demais problemas que ocasionam a desistência pela compra de um determinado produto.

A loja mudou, a loja não é mais aquela que fideliza pelo layout, pelo clima, temperatura, iluminação, não só por isso, agora fideliza também pela fácil navegação, boa opção de compra.” - Leonardo Gusmão


“A informação ela só serve se for dividida, se ela for trabalhada, pulverizada. Se não ela deixa de ser uma informação e passa a ser um segredo e segredo não leva o varejo, não leva a indústria a nenhum lugar. É um momento novo, tá todo mundo descobrindo uma série de temas, de formatos de consumo… A pandemia veio para provocar, agora vamos aproveitar um pouco de tudo que ela vem provocando na gente” - Leonardo Gusmão

CBM o que é, quais desafios e resultados? 

CBM (Consumer Behavior Management), é a evolução do CRM, promovendo uma gestão de clientes inteligente e integrada.


“Quando a gente entra no cenário de digitalização, a gente ver várias rupturas acontecendo no varejo digital e no varejo físico, porque a gente já está falando do figital (físico + digital), ou seja, o ambiente do cliente não é mais um ou outro, é os dois e eles tem que se conversar, as duas coisas tem que parecer ser a mesma, porque no fim é a tua marca falando com o consumidor lá na ponta.” - Bruno Leal


No passado, era comum encartes, planos de mídia, veículos tradicionais de divulgação. Agora, com o espaço digital as empresas estão aprendendo como cobrar e quanto vale cada espaço. No ambiente digital é preciso saber usar das mídias para incentivar as vendas online, não só as redes sociais, mas também SMS, push, e-mail, canais diretos de mídia digital. O maior benefício de tudo isso é entender os consumidores e seu comportamento, para que você saiba quando e o que ele costuma comprar.

“O primeiro ponto que na nossa opinião da Mercafácil, a gente ver a digitalização do marketing, ou seja, o marketing era totalmente tradicional para o varejo alimentar e agora 90% era mídia tradicional (carro de som, encarte, mídia tradicionais) e a gente ia ver que o budget do supermercadista que variava de meio a um e meio % do seu marketing. 90, 70, 80% disso já está migrando pros canais de mídias digitais, mesmo que seja para incentivo de consumo na loja física. Por outro lado, a gente ver uma disrupção na relação entre indústria e varejo. Um pela relação de você não precisar ter necessariamente todo dia um vendedor sentado 3 horas para falar com o comprador, agora se resolve online, com isso redução de custos para a indústria que pode vir a ser passada para o consumidor em algum momento.”- Bruno Leal

Complementou o Leonardo: 

“Precisamos facilitar a jornada do consumidor dentro do online, agregando a ele marcas que já consome no dia a dia para uma experiência leve, sensação de bem estar. Trazendo um pouco da experiência que já existe no físico, para o digital” - Leonardo Gusmão

Não existe hora certa de ter o seu supermercado online. A tecnologia está ficando cada vez maior e com isso, os supermercados que demorem muito para aderir o online, podem acabar ficando sem espaço, afinal os supermercados já estão lucrando com o online, você não estando presente, está perdendo dinheiro, clientes e espaço no mercado. Como bem abordado pelo Gabriel: 


“Timing, tem sempre aquela questão: Ainda não é o momento, será que é o momento?  Aí vem uma pandemia em que acelera esse dinamismo, traz a aceleração do ambiente digital e coloca num ambiente onde Já passou da hora. Infelizmente já passou da hora! Você que ainda não entrou, talvez infelizmente não consiga mais entrar quando você decidir entrar. Porque infelizmente o espaço é o mesmo e está sendo dividida com muitas pessoas. Não é a toa que antes a venda online representava 1%, às vezes chegava nem a isso e hoje temos clientes que já conseguem até mais de 20% da sua venda total através do online.” - Gabriel Gurgueira

E o Bruno complementou sabiamente:  


“A pergunta aqui não é se já passou o momento. A pergunta que eu acho que todo mundo deve - se fazer é: Será que vai acabar? Ou você acha que veio para ficar? Porque se não for acabar, a resposta é nítida: você já deveria estar e se você ainda não está. Entre o mais rápido possível. Pois não tem fim, só irá aumentar e independente do tamanho do crescimento, se você não estiver, você está perdendo. É um caminho sem volta, se vai continuar crescendo, como atualmente que só cresce, quanto antes você estiver, melhor. Afinal você faz parte do processo de crescimento e quanto antes você entrar, antes você irá aprender.” - Bruno Leal


Já se aproximando do fim do webinar, chegou a hora de responder as perguntas que surgiram de quem estava nos assistindo. A primeira aborda como a indústria pode fazer para fidelizar o cliente no mundo digital. 

Momento perguntas do público: 

​O Varejista está bem disposto a ceder espaço para indústria aumentar suas vendas em conjunto. Mas de qual forma vocês acham que a Indústria contribui para fidelização do cliente final para o varejista?

“Vamos falar sobre o consumidor e o bem estar da jornada dele. Estamos falando de foto, de descrição de produtos, de listas de compras. O consumidor gosta de se sentir acolhido com promoção, com leve e ganhe. O maior desafio do mundo digital, é fazer o cara se sentir da mesma forma que do físico. Façam os seus colaboradores experimentarem o produto de vocês. Eles são peças fundamentais no sucesso do seu negócio. Fidelização é um trabalho conjunto.” - Leonardo Gusmão

Qual é o segredo para usufruir de tudo que a tecnologia pode oferecer para o supermercado?

“A tecnologia é solução para tudo. Então se você vai de cabeça aberta dentro do mundo digital e olha a propaganda de uma loja de jeans, entende um formato diferente e puxa aquela ideia para agregar a sua indústria e tecnologia. Você constrói e personaliza a sua ideia dentro do supermercado. Pensar fora da caixa que tudo é possível e não precisa pegar tudo que já tem pronto, você pode criar para você. Tecnologia pode personalizar suas ideias, não existe receita pronta, apenas uma tecnologia predisposta a construir.” - Monalisa Caminha


“Vai errar, tenha certeza que vai errar. Vai atrasar um pouco mas as tecnologias estão aqui para ajudar, entenda que isso é normal. Mas trabalhe sempre junto, já que o foco principal é resolver o problema e a tecnologia é meio e não fim. Use da tecnologia para chegar em algum lugar que você tenha interesse e vai te ajudar a priorizar e chegar onde deseja.”  - Bruno Leal

Quais os mecanismos podemos utilizar para identificar as vendas ofertadas nas mídias digitais para o comportamento off?

“Primeiro passo para ter uma mensuração um pouco mais concreta, é você fazer isolamento de canal, ou seja, divulgar aquela oferta em um canal apenas e medir comparativamente o  sell out dos períodos em que você fez a ação VS o que você não fez a ação e se tiver investido pode-se fazer um cálculo de ROI (o quanto você vendeu / quanto você investiu) para ver se valeu a pena.”  - Bruno Leal


“Coloque em prática e dê foco para executar. O que a gente mais vê é varejista comprando tudo e não executando nada e depois reclama da tecnologia não funciona ou que não tá dando resultados. Se você for contratar uma solução, seja ela qual for, dê foco a execução, traga a sua equipe para dentro dela. Empresa é feita de pessoas.” - Bruno Leal


E, assim, encerramos aqui o nosso resumo sobre o webinar “Qual o impacto da tecnologia nas vendas dos supermercados?”, realizado pela Mercadapp. Para ainda mais insights, não deixe de conferir a conversa completa.